Senado instala CPI da Previdência Social


BRASÍLIA - O Senado Federal instalou, nesta quarta-feira, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência Social. A comissão irá investigar possíveis fraudes e desvios na Previdência, bem como analisar sua situação financeira. O senador Paulo Paim (PT-RS), autor do requerimento para a criação da CPI, ficou com a presidência. O senador Hélio José (PMDB-DF) será o relator.

Composta por sete senadores titulares e cinco suplentes, a comissão terá um prazo de quatro meses, que poderá ser prorrogado, para concluir os trabalhos e votar um relatório final. Entretanto, Paulo Paim declarou que pretende conduzir os trabalhos dentro do prazo inicial, para que os resultados da comissão sejam aproveitados quando a reforma da Previdência chegar ao Senado.

A PEC da Reforma da Previdência está prestes a sair da comissão especial e ir para o plenário da Câmara. A previsão é que o relatório do deputado Arthur Maia (PPS-BA), seja apreciado na próxima semana.

Quando apresentou requerimento solicitando a criação desta CPI, há cerca de um mês atrás, o senador Paulo Paim obteve apoio de 61 senadores.


Postagens Recentes
Últimas Notícias